Recursos Humanos

Como Motivar Seu Time Sem Mexer No Bolso

Posted on: 30/09/2010

Mas o problema é que justamente em tempos difíceis que os gerentes, líderes e demais profissionais ligados à gestão de pessoas esquecem-se do básico, que é manter a equipe motivada e preparada para enfrentar dificuldades.

Os gerentes e profissionais de RH devem a todo custo tentar evitar um alto índice de turnover, que acaba sendo muito caro para a companhia. Perde-se em custos de dispensa, ações trabalhistas, baixa produtividade e, posteriormente, no recrutamento das pessoas substituídas.

Assim, motivar através do reconhecimento, sem grandes projetos e sistemas complexos, torna-se fundamental para empresas de todos os portes e segmentos. Confira a seguir algumas dicas de como motivar o seu time. Você pode começar hoje mesmo:

1. Conheça – realmente – os seus funcionários

Parece muito simples, mas será que você aplica essa prática na sua empresa? Não estamos falando de conhecer o que faz a estagiária ou o gerente-geral, mas de saber exatamente com quem você trabalha, o que eles pensam e como vêem a empresa. Os colaboradores com certeza se sentirão valorizados com a sua preocupação e interesse.

2. Comunicação é fundamental

Será que algumas dessas situações lhe parece familiar?

* Um cliente liga para a empresa para saber sobre um novo produto ou serviço – e as pessoas da equipe não têm a informação que o cliente precisa
* É feita uma grande venda de produtos de uma vez só mas, ao invés de saber da informação pelo Departamento de Comunicação interna ou mesmo o gerente de área ou o RH, os colaboradores ficam sabendo da novidade pela rádio-peão
* Há a implementação de um novo procedimento – mas até as pessoas da equipe relacionadas ao projeto – ou que vão trabalhar diretamente com ele – ficam surpresas
* Alguém na empresa ultrapassa as metas e consegue clientes e contas de peso. Este crescimento é divulgado? O funcionário em questão é reconhecido – com um prêmio ou mesmo com um anúncio formal das suas realizações?

Os líderes normalmente acham que se comunicam de forma eficaz. Mas é preciso ir além do tradicional quando se trata de motivar e reter os talentos. Confira alguns toques muito úteis do que você pode fazer sem gastar muito:

* Crie um “barulho positivo” na organização e principalmente entre a sua equipe.
* Use o e-mail para mandar mensagens de agradecimento, congratulações e incentivo.
* Mensagens de voz também são uma boa forma de enviar um elogio, ou mesmo uma crítica ou sugestão de como o trabalho pode ser melhorado.
* Divida os resultados – os bons e os ruins – com seu time e também com toda a empresa. Permita que seus colaboradores saibam como a organização está indo nos negócios.
* Esteja visível e ao alcance dos outros colaboradores. Quiando você menos esperar, eles podem precisar de você.
* O guru Tom Peters disse certa vez que todos os líderes precisam praticar o MBWA, sigla em inglês para Management by Walking Around. Não é nenhum curso novo de MBA, mas a prática de andar pela empresa, ser acessível a todos e saber a hora de escutar e de falar. Isto é liderança.

3. Todos precisam de reconhecimento

Pense por alguns minutos. Relembre como você se sentiu quando foi reconhecido por alguma coisa que fez de bom para a empresa. Esse sentimento de ver o seu esforço sendo reconhecido conta muito – e o melhor, você não gasta nada para fazer isso.

Especialistas em gestão de talentos alertam: reconhecer e estimular a equipe é uma das ferramentas mais acessíveis e estratégicas para reduzir o turnover e manter um bom clima na empresa. Difícil de fazer? Nem tanto. Selecionamos abaixo mais algumas idéias de como levantar o astral da equipe, confira:

Surpreenda!
Foi uma semana complicada, todos estão visivelmente cansados e abatidos, mas felizes por terem atingido os resultados. Que tal presenteá-los com uma agradável surpresa? Pode ser uma rodada de pizza que chega na hora do almoço, um anúncio dedicando a tarde de sexta-feira livre para todos ou mesmo a distribuição de sorvetes no término do expediente. Tudo bem, você pode gastar um pouco com essa brincadeira, mas certamente a satisfação e alegria dos funcionários será muito maior e recompensadora.

Conversando a gente se entende
Nas conversas que você tem com cada membro da equipe – sim, isto é altamente recomendável – você pode aproveitar para saber dos resultados, esforços e ainda oferecer conselhos relativos à carreira e desenvolvimento pessoal e profissional de cada um. Claro, conversando pessoalmente com o funcionário você também pode questionar e criticar se preciso – já que só elogiar e não monitorar o trabalho de forma racional e consciente também não adianta. Para terminar, conceda elogios quando a pessoa merecer. Nada melhor do que um “Nossa, mas o projeto ficou bom mesmo!” “Aquela planilha que você fez ficou ótima” ou “O cliente comentou comigo que gostou muito da sua apresentação”. É como aquela conhecida propaganda de conhaque: desce macio e reanima. Um elogio também gera isso, e muito mais.

Use a palavra mágica – Obrigado – em todas as ocasiões
Este conselho parece muito simples e até um pouco pretensioso. “Quer me ensinar a ter educação”, poderia pensar você, caro leitor. Mas o fato é que muitas vezes esquecemos de agradecer um ou outro colaborador em situações banais do dia-a-dia, e sequer imaginamos a falta que um agradecimento pode fazer a quem fez o trabalho. Da mesma forma, dizer algo como “Tchau, bom fim semana. Você merece!” também é muito importante.

Celebre as pequenas e grandes vitórias da empresa
Um novo cliente assinou o contrato? Comemore.
Alguém conseguiu fechar uma grande conta, que trará dinheiro e visibilidade para a empresa? Comemore.
O cliente mostrou que gosta dos produtos e serviços prestados por vocês, e não pretende mudar de opinião tão cedo? Comemore.
A auxiliar de DP anunciou que está grávida e vai ganhar o bebê que ela tanto sonhou? Comemore.
É sexta-feira? Reúna a equipe e comemore!

São atitudes como essas que fazem o time ficar mais unido, animado e, claro, motivado. São pequenas demonstrações de carinho, cuidado e afeto para com o grupo, que com certeza serão retribuídas – com mais trabalho, mais entusiasmo e mais lucro para a empresa.

Você já comemorou algo hoje? Saiba que ainda dá tempo, e pelo menos um motivo para celebrar você deve ter. Pode ser uma vitória pessoal ou da equipe, o que importa é fazer uma festa, dar uma reanimada no pessoal. Mas não esqueça: quando for fazer, faça de coração, senão vai parecer impessoal e forçado, o que pode gerar o efeito contrário. Boa sorte!

http://www.rhportal.com.br/artigos/wmview.php?idc_cad=p9cjxo0df

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: